09 junho 2006

I shall say this only once

Sobre o Código Da Vinci, o filme, há pouco a dizer. Vê-se. Não o acho estupidamente mau nem genialmente bom. O livro tem a vantagem de deixar os clichés menos explícitos - e omitir aquela cena ridícula do Smart.

Agora, aquilo que verdadeiramente me arrepiou foi o facto de terem escolhido para o papel de Bezu Fache o actor que eu imaginei que era o Bezu Fache quando li o livro. Das três uma:

1. ou o Dan Brown criou o personagem a pensar no Jean Reno - e descreveu-o maravilhosamente bem
2. ou o meu cérebro funciona em sintonia com o do Ron Howard
3. ou eu vi demasiadas vezes o French Kiss e o Jean Reno corresponde ao meu protótipo de polícia francês.

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

eu defendo a 3. (ainda que não tenha visto demasiadas o French Kiss, o Jean Reno *é* o protótipo de polícia francês.

11:45 da manhã  
Blogger snapshot said...

ele é sempre o polícia francês!!noutros filmes tb...
talvez tenha sido por isso que eu senti o mesmo que tu.

8:50 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home

FREE hit counter and Internet traffic statistics from freestats.com